Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

segunda-feira, setembro 12

Dólar comercial inicia jornada em alta, de olho na instabilidade do mercado

Dólar comercial inicia jornada em alta, de olho na instabilidade do mercado

12 de setembro de 2011 • 10h29 Por: Equipe InfoMoney

SÃO PAULO – Com o mau humor voltando a aparecer no mercado internacional, o dólar comercial inicia os trabalhos desta segunda-feira (12) em alta de 0,39% cotado na veda a R$ 1,6838. A moeda tenta emplacar sua sétima sessão consecutiva de alta, tendo atingido na última sexta-feira (9) sua maior cotação desde 28 de março.

A divisa mantém seu foco no ambiente externo, com os investidores demonstrando um aumento significativo de desconfiança com a Grécia e de que o país seja incapaz de colocar em prática o plano de austeridade aprovado pelo parlamento em julho. O ministro de Finanças daquele país, Evangelos Venizelos, revelou durante o final de semana que o PIB (Produto Interno Bruto) deste ano deverá registrar recuo maior que o previsto anteriormente, de 5,3%.

Além disso, ocorre a deterioração nas condições de financiamento na Itália, onde a emissão de títulos públicos nesta segunda-feira revelou forte alta no yield pago pelos papéis.

Agenda interna
A agenda desta segunda-feira tem como destaque somente indicadores domésticos. Por aqui, como o Banco Central divulgou o Relatório Focus, que elevou todas suas projeções de inflação, mas segue reduzindo o PIB (Produto Interno Bruto)

Já a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) divulga o IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor) referente a primeira quadrissemana de setembro apontou variação positiva dos preços de 0,36%.

Dólar cai frente a divisas estrangeiras
Apesar do cenário de valorização em relação ao real, o a divisa-norte americana opera no campo negativo frente às principais moedas internacionais. Diante do euro, o dólar cai 0,74%, da libra 0,31%, do iene 0,61% e do franco suíço 0,84%.

Neste sentido, e segundo os analistas da Rosenberg & Consultores Associados, o movimento de alta da divisa pode ter sido causado por três motivos. “Pela diminuição na posição vendida dos bancos; pelo fluxo cambial negativo na segunda semana de setembro e; pela valorização do dólar frente às demais moedas, sendo esta última a mais provável, gerado pela deterioração das expectativas no quadro internacional”, explicam.

Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.