Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quinta-feira, agosto 25

Bolsas europeias fecham em queda, interrompendo sequência de três altas

Bolsas europeias fecham em queda, interrompendo sequência de três altas

25 de agosto de 2011 • 13h38 Por: Equipe InfoMoney

SÃO PAULO - As bolsas europeias fecharam em queda nesta quinta-feira (25), após três sessões em terreno positivo. O mercado abriu em alta, porém a direção das negociações mudaram após especulações de que algumas nações planejam estender a proibição a venda a descoberto. Ainda assim, os bancos apresentaram ganhos, impulsionados pela instituição francesa Credit Agricole.

Diante deste cenário, o CAC 40, da bolsa de Paris, perdeu 0,65% a 3.119 pontos. Enquanto o FTSE 100, da bolsa de Londres, apresentou alta de 1,44%, atingindo 5.131 pontos. O DAX 30, da bolsa de Frankfurt, caiu 1,71% ficando em 5.584 pontos, e o SMI, bolsa de Zurique cedeu 0,57%, indo para 5.298 pontos. O FTSE MIB, da bolsa de Milão, desvalorizou 0,25% para 14.945 pontos, enquanto o IBEX 35, de Madri, declinou 0,84%, para 8.299 pontos.

Bancos avançam forte nesta sessão
Na bolsa francesa, na ponta positiva figuraram as ações do Credit Agricole, alta de 4,81%. O banco reportou lucro líquido de € 339 milhões no segundo trimestre deste ano, valor 11% inferior ao do mesmo período de 2010, mas superior às projeções de analistas. Seguiram em elevação as do Société Générale, 2,59% e as do BNP Paribas, 2,74%.

Em Londres, o destaque de alta da sessão foram os papéis do Barclays 5,55%, seguidos pelos do Royal Bank of Scotland (5,53%) e os do Lloyds Banking Group, de 2,92%. Na bolsa alemã, subiram os ativos do Commerzbank e do Deutsche Bank, 3,12% e 1,41%, respectivamente.

Outros destaques
Em Londres, as ações das petrolíferas BP e da Petrofac desvalorizaram 3,29% e 2,67%, nesta ordem. As empresas de energia, International Power PLC, em Londres, caíram 2,47%, e em Frankfurt, os papéis da RWE fecharam em queda de 3,85%.

Os papéis da ARM Holdings, que fabrica componentes para a Apple, recuaram 0,28%, após o anúncio de que Steve Jobs vai renunciar ao cargo de executivo-chefe e será substituído por Tim Cook.

Agenda
Em um panorama de previsões de crescimento para a economia da Zona do Euro, os bancos suíços UBS e o Credit Suisse, além do norte-americano Citigroup revisaram para baixo as estimativas de expansão do PIB (Produto Interno Bruto) da região. O UBS aponta um crescimento de 1,8% para este ano e 1% para 2012, já o Credit Suisse vê agora que a Zona do Euro deve crescer 1,7% em 2011 e 1% no próximo calendário.

Ainda nesta quinta-feira, o BCE (Banco Central Europeu) voltou a intervir no mercado secundário de títulos públicos, comprando dívida da Itália e da Espanha, de acordo com fontes próximas ao assunto, citadas pela Bloomberg. A autoridade monetária também teria comprado dívidas dessas nações na véspera.

Além disto, a imprensa internacional informou nesta quinta-feira que as agências rating Fitch, Moody e Standard & Poors reafirmaram a nota de crédito AAA da Alemanha.

Confira o fechamento dos principais índices acionários europeus:

% Var DiaPontos %Var 30D%Var Ano
CAC 40-0,653.119-17,66-18,02
FTSE 100-1,445.131-13,47-13,03
DAX 30-1,715.584-24,02-19,24
SMI-0,575.298-11,55-17,68
IBEX 35-0,848.299-15,60-15,82
FTSE MIB-0,2514.945-21,47-25,92
Euro Stoxx 50-0,982.217-19,09-20,84

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.