Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

segunda-feira, janeiro 31

31/01/11 - Setor de aviação chama atenção

Setor de aviação chama atenção.

Comentário de Fechamento, com Leandro - 31/01/2011

IBOV: apresenta pressão vendedora hoje novamente. Há ainda a possibilidade de repique para o curto prazo. A perda dos 67 mil, se confirmada, pode vir a gerar um sinal bem negativo para um prazo maior.

BTOW3: chamou bastante atenção por trabalhar em congestão mais ampla, testando sua base. Faz candle de dúvida hoje, com bom afastamento da média de 21,00. Faço minha entrada no ativo.

POMO4: corrigiu forte nos últimos dias. Produz hoje candle de reversão fora das bandas. Faço minha entrada também.

MRFG3: também faço uma entrada no ativo, pelo setup contra a tendência.

GOLL4: perde suporte em 24,30. TAMM4: produz gap de baixa, perdendo suporte de maneira bem consistente. Setor perde suporte, sinal importante para um prazo maior.

USIM3: rompe a cabeça de um pivot de alta. Inicia tendência de alta. Não faço uma entrada pois está esticado. Resistência em 26,70.

AMIL3: testa suporte com candle de reversão fora das bandas. Interessante também.

OGXP3: apesar de estar afastado da média, dá continuidade na pressão vendedora. Sugere mais queda para um prazo maior.

VALE5: não fez grandes movimentos positivos. Na sexta, ativo perdeu suporte. Pela perda do suporte, espero por alguma pressão vendedora. No caso de algum repique, gap em 52,10 seria importante resistência. Vem mais forte que o IBOVESPA.

LIGT3: corrigiu até suporte. Hoje retoma movimento de alta. Para um prazo mais longo, temos tendência de alta. Sinalização positiva para o ativo.

PETR4: demonstrou movimento positivo hoje. Resistência em 28,00. Veria uma sinalização mais negativa se perdesse 26,70.

BBDC4: hoje banco apresentou lucro recorde. E, a queda foi forte. Confirma perda importante de suporte.

BRKM5: vem demonstrando força compradora. Semana passa não conseguiu romper 21,20. Hoje, testamos mais uma vez esse patamar. Suporte em 19,80 e para um prazo maior, temos 18,75.

USIM5: diferentemente de USIM3, apresenta tendência de baixa para um prazo maior. Produz repique. Se perder 18,30, mercado retoma pressão vendedora de prazo maior.

LAME4: está bem interessante no início do dia. Mas, depois acelerou uma queda e desconfigurou o padrão. Não vejo uma entrada no momento.

TNLP4: um dos poucos que apresenta ainda uma tendência de alta. Congestiona no curto prazo. Avalio a possibilidade de compra se romper 27,30.

DTEX3: sugere a manutenção do processo de repique, ainda dentro de uma tendência de alta. Não vejo entradas no momento.

EMBR3: apresenta tendência de alta. Suporte em 13,09.

Marcadores:

Bookmark and Share

domingo, janeiro 30

28/01/11 - O índice Ibovespa intensifica a queda no último dia da semana

O índice Ibovespa intensifica a queda no último dia da semana, marcada por volatilidade e incertezas.

Chegou a bater 66.000 pts e recuou a queda o que pode ser um bom patamar de entrada.

No momento vale a pena aguardar alguma alteração de movimento e voltar a bolsa.

A maioria dos indicadores está sobrevendida e neste momento caso haja sinais de reversão da queda de curto prazo começa a ficar interessante realizar novas entradas.

Marcadores: ,

Bookmark and Share

sábado, janeiro 29

29/01/11 - Pressão vendedora gera sinal negativo para o mercado

Pressão vendedora gera sinal negativo para o mercado.

Comentário de Fechamento, com Guilherme Ruffini - 28/01/2011

IBOV Mercado perde suporte dos 67 mil pontos. Cai mais de 2,00% no pregão de hoje. Caiu os últimos pregões em linha reta.

CSMG3 Stop acionado. Expectativa de alta foi anulada com a perda das últimas mínimas.

BTOW3 Testou fundo de um retângulo em 28,00. Não aparece um sinal de entrada mais claro, uma reversão ou mesmo dúvida.

BRTO4 Ativo vem em tendência de alta, e faz congestão, seguindo lateral. Um romp dessa congestão chama atenção para entrada.

USIM5 Suporte em 18,30. Deixa sombra inferior bem ampla. Importante não perder o suporte, pois retomaria tendência de baixa.

GGBR4 Pressão de venda continua acentuada. Confirma perda da retração de 0,618. Mas, ativo encontra-se já bem sobrevendido.

CSNA3 Sombra inferior mais ampla. Candle de hoje não é de reversão, o que dificulta uma entrada.

BRKM5 Não rompe os 21,00, que é um topo recente e importante. Aguardo outros sinais para avaliar uma entrada.

MRVE3 Perde fundo anterior, mas ainda encontra-se em uma região de suportes mais antigos. Distante da mm21.

POMO4 Perde região de suporte anterior. Bem afastado da média. Não vejo entradas na venda, já está esticado.

EZTC3 Respeita ainda retração de 61,8. Vem mais forte que o setor.

BVMF3 Tendência de baixa mais longa. Confirma a perda de um suporte no curto prazo. Não vejo uma entrada clara hoje.

DTEX3 Faz um candle de reversão fora das bandas. Distante da mm21. Há a possibilidade de repique no curto prazo.

BBAS3 Não ativo uma entrada no momento. Hoje testou suporte em 29,80.

VALE5 Perde suporte de curto prazo. Ainda respeita retrações de fibonacci. Segue em tendência de alta em um prazo maior.

LREN3 Segue em queda forte. Perde fundos importantes, acelera movimento de baixa. Não vejo entradas no momento.

Marcadores:

Bookmark and Share

quinta-feira, janeiro 27

27/01/11 - Setor de consumo é destaque de queda

Setor de consumo é destaque de queda.

Comentário de Fechamento, com Leandro - 27/01/2011

IBOV Mais um dia de pressão vendedora importante: Sup em 67 mil pontos, onde deve encontrar alguma pressão compradora.

LREN3 e LAME4 Perdem suporte e sugerem manutenção da queda.

Setor de construção cai forte novamente. Setor de consumo/varejo também cai forte.

PETR4 e VALE5: Não apresentaram pressão compradora tão forte. Primeira linha tenta segurar o mercado.

PETR4 Corrige mas sem perder suporte. Demonstra possibilidade de retomada de alguma pressão compradora.

BRKM5 Testa resistência em 21,10. Ativo claramente em tendência de alta para um prazo maior. Expectativa de algum movimento negativo.

OGXP3 Tendência de baixa. Perdeu suporte importante. Hoje, retoma a pressão vendedora. Expectativa de queda para um prazo maior.

POMO4 Perde suporte com força e volume. Afastado da média e apresenta sombra inferior. Sinal de ontem e hoje é bem negativo.

AMBV4 Mercado já produziu um repique desde o último fundo. Não vejo grandes espaços para alta.

VALE5 Se mantém acima de suporte dos 51,50. Veria um sinal mais positivo se rompesse a resistência.

LAME4 Confirmou perda do suporte de 14,80. Um repique não é descartado, mas vejo possibilidade de busca dos 13,90.

Cada mercado segue sua dinâmica, apesar de correlacionados O IBOVESPA está caindo e o dólar também caiu nos últimos dias.

DJI ainda está a 20% do TH, enquanto o IBOV já atingiu tal faixa. Isso pode explicar essa disparidade entre os índices.

Marcadores:

Bookmark and Share

quarta-feira, janeiro 26

Ibovespa continua apontando baixa mas agora pode dar repique quando encostar na banda de Bollinger

Ibovespa continua apontando baixa mas agora pode dar repique quando encostar na banda de Bollinger.

Quem quiser fazer um daytrade vale a pena ficar atento ao mercado.

Bons Trades!

Marcadores: ,

Bookmark and Share

26/01/11 - Pressão vendedora domina o pregão

Pressão vendedora domina o pregão.

Comentário de Fechamento, com Leandro - 26/01/2011

IBOV Dia de maior pressão vendedora. Segue descendente. Caminha para o suporte dos 67000 pontos.

Setor que chama mais atenção na ponta vendedora hoje foi o setor de construção.

CYRE3 Perde suporte importante. Utilizo uma posição parcial. Meu objetivo é de 5% para o ponto de entrada.

AMBV4 Apresentou movimento positivo, repicou.

OGXP3 Consolida suporte em 17,85 para o curto prazo.

TNLP4 Tem suporte em 26,50. Interessante manter a congestão por mais pregões e depois romper a resistência imediata.

LREN3 Enquadra-se em uma operação de venda para o ativo. Expec de manutenção da queda. Próximo sup imp fica em 47,00.

PDGR3 Forte pressão vendedora. Perdeu suporte com entrada de volume. Sugere ao menos o teste do fundo de dezembro.

CMIG4 Tem 30,50 como imp resistência. Apresentou pressão vendedora mais nos últimos dias. Não vejo entradas no momento.

POMO4 Suporte 6,35 que pode ser buscado caso perca os 6,80. Fico interessado em operar na compra apenas se romper os 7,30.

LLIS3 Movimento lateral nos últimos dias. Suporte em 16,00. Não vejo entradas no momento. Resistência em 17,80.

PCAR5 perdeu suporte importante em 66,30. Mas, não entro na venda pois logo abaixo há uma forte resistência.

ECOD3 Segue lateral nas últimas semanas. Testa sup 0,96. Não costumo operar papéis de menor liquidez no teste de suporte.

RSID3 A perda dos 14,00 indicaria a busca dos 13,20. Veria um sinal positivo para o ativo se o mesmo romper os 14,90.

JBSS3 Apresenta pressão vendedora. A perda dos 6,80 ocasionaria uma tendência de baixa. Não vejo entradas no momento.

USIM5 Movimentação mais provável de queda. Retoma tendência de baixa. Expectativa de teste dos 18,30.

POSI3 Já tenho tendência de alta. Se ultrapassar 10,80, estarei avaliando uma entrada.

Marcadores:

Bookmark and Share

terça-feira, janeiro 25

24/01/11 - Feriado diminui liquidez na Bovespa

Feriado diminui liquidez na Bovespa.

Comentário de Fechamento, com Leandro - 24/01/2011

IBOV Volume abaixo da média devido ao feriado de amanhã. Com a perda dos 69900 pontos, mercado muda a tendência. Tem suporte em 67000 pontos.

DJI Mostrou força compradora, está em clara tendência de alta.

OGXP3 Perdeu importante suporte. Consolida tendência de baixa. Abre espaço para mais queda para um prazo maior.

EZTC3 Rompeu resistência em 15,10 com bom volume e segue clara tendência de alta. Está próximo do último fundo.

BPNM4 Trabalha próximo da máxima do dia, e busca os 5,20 (importante resistência).

SUZB5 Forma um pivot de alta, com volume acima da média. Mas não se enquadra em outros critérios de alta.

SBSP3 Candle de indefinição, mas não tem distância da média suficiente para se enquadrar em um setup contra a tendência.

AMBV4 Sinal de hoje é de possível repique, mas não se encaixas nos setups contra a tendência que trabalho.

ITSA4 Testa suporte importante. Sugere algum repique. Se romper para baixo os 12,20, abre espaço para mais queda.

CTIP3 Se trabalhar abaixo de 22,60 muda a tendência. Expectativa permanece positiva, mas não vejo entradas no momento.

JHSF3 Aproxima-se de um topo anterior. Se romper, pode dar continuidade a tendência de alta. Suporte em 3,35.

CSNA3 Corrige desde último topo. Aproxima-se do topo anterior e da retração de 50%. Imp que não perca min de quinta.

BVMF3 Tendência de baixa clara. Apesar da forte queda e da perda do suporte, não vejo entradas no momento.

VALE5 Suporte em 51,50. Resistência em 53,60. Como está afastado do suporte, já saiu de um ponto exato de entrada.

SANB11 Tendência de baixa. Resistência em 21,30. Não vejo entradas no momento.

LREN3 Tenta segurar em cima de suporte importante. Pela tendência de baixa clara, não vejo entradas na compra.

CIEL3 Vejo espaço para um repique, mas o volume de hoje ficou concentrado em poucos negócios.

PETR4 Chegou a trabalhar abaixo do suporte, mas com baixo volume. Tenho uma posição comprada.

Marcadores:

Bookmark and Share

sábado, janeiro 22

21/01/11 - Índice Ibovespa intensifica a queda!

O índice Ibovespa intensifica a queda e pode chegar no suporte de 68.000 pts.

Passou pelo patamar 69.300 (retração de Fibonacci) com certa facilidade e um volume financeiro alto.

Marcadores: ,

Bookmark and Share

Incertezas continuam e juros no Brasil sobem

A semana começou com a expectativa de que a reunião dos ministros de Economia e Finanças da Zona do Euro chegaria a um acordo para aumentar o capital do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (EFSF). No entanto foi decidido postergar até março uma definição sobre a necessidade ou não de incrementar o fundo, que conta hoje com € 750 bilhões. A proposta era de chegar a € 1,5 trilhão. Ainda no campo internacional, nos EUA a semana foi marcada pelos balanços corporativos do quarto trimestre. O destaque foi o resultado do Goldman Sachs que teve queda 53% no lucro trimestral, atingido por resultados menores com operações com renda fixa. Nesse dia, quarta-feira, os mercados foram diretamente influenciados, S&P caiu 1%, Bovespa queda de 1,2% e FTSE despencou 1,3%.

No Brasil finalmente o governo chegou a um acordo e anunciou que começa a valer a partir de 1° de fevereiro o salário mínimo de 545 reais. A continuação do movimento de valorização da moeda brasileira levou ao Banco Central a fazer mais um leilão de swap reverso realizado nesta sexta-feira. E é compreensível dizer que esta medida pouco teve efeito, o dólar iniciou a semana cotado a R$1,681, ontem encerrou o dia a R$1,6740, e depois do leilão de swap, atingiu o nível de R$ 1,671.

No lado dos indicadores macroeconômicos do Brasil divulgados na semana, tivemos dois destaques: a criação de 2,137 milhões de empregos formais em 2010. Em especial o número do setor de serviços que foi responsável por 1,009 milhão de novos empregos em 2010, o início do novo ciclo de elevação da taxa Selic com alta de 50 pontos base, levando-a para 11,25% ao ano na reunião realizada na quarta-feira.

No âmbito externo, a China divulgou os números da economia em 2010. O PIB chinês continuou com o crescimento de dois dígitos, 10,3% em 2010. Os indicadores de vendas no varejo e indústria também reforçaram a avaliação de que a atividade está crescendo em ritmo forte. Na comparação anual, a produção industrial avançou 13,5%%, as vendas no varejo tiveram forte de alta, 19,1%. E a inflação passou de 5,1% em novembro para 4,6% em dezembro.

Nos EUA o primeiro indicador antecedente de atividade do ano apontou para expansão da indústria em janeiro. O índice Empire Manufacturing de atividade subiu 2,0 pontos atingindo a marca de 11,9 pontos. Já o setor imobiliário continuou mostrando dados bastante voláteis. O indicador de construção de novas residências se retraiu em dezembro 4,3%, após aumento de 3,8% em novembro, na mesma base de comparação. Por outro lado, as licenças para construir, apresentaram alta de 16,7% em dezembro. E as vendas de imóveis residenciais usados cresceram 12,3%.

Marcadores:

Bookmark and Share

22/01/11 - Ibov se descola e acelera baixa

Ibov se descola e acelera baixa.

Comentário de Fechamento, com Guilherme Ruffini - 21/01/2011

IBOV Mercado perde média de 21,00, cai há alguns dias. Dificuldade maior de definição de tendência.

Atualização das posições: TCSA3: stop acionado em 11,35. PDGR3: stop acionado abaixo de 10,00.

AMBV4 Posição menor também stopada com a perda dos 45,00. O cenário não demonstra nenhuma pressão de compra. Não vejo um repique.

MMXM3 Veio testar os 12,00, uma importante resistência. Não vejo entrada no momento, não tenho setup sendo acionado.

CIEL3 No gráfico não ajustado, mercado já perdeu a mínima histórica. No não-ajustado, testa tal patamar no pregão de hoje. Não vejo força compradora no ativo. Prefiro ficar de fora.

SANB11 Recentemente perdeu suporte. Hoje monta um harami de alta. Não tem distância muito grande para a mm21. Apesar da possibilidade de algum repique no curto prazo, não vejo nenhum setup que trabalho sendo acionado.

RSID3 Havia rompido uma LTB, marcou topo em 15,00. O rompimento do topo pode indicar entrada.

BRTO4 Após rompimento dos 12,73, fez um repique interessante. Expectativa ainda positiva. Média próxima aos preços.

OGXP3 Não temos um pivot de alta para definir a tendência. Assim, não fazemos entradas.

ITUB4 Perde suporte importante em 37,50. Vem de vários dias de queda. Ativo sobrevendido. Não vejo possibilidade de entradas.

KLBN4 Ffaz padrão de baixa, mas ainda não acionou. Aguardo. Não vejo trades no momento.

PETR4 Cenário muito conturbado. Rompeu resistência e recuou. Ainda respeita média de 21,00. Possui ainda viés de alta.

VIVO4 Uma movimentação lateral e posterior rompimento do topo anterior pode vir a gerar uma entrada.

BRFS3 Vem em tendência de alta. Ainda acima da mm21. Não vejo entradas no atual momento.

Marcadores:

Bookmark and Share

quinta-feira, janeiro 20

Dólar futuro continua com cenário de queda mesmo com queda da Bolsa!

Dólar futuro continua com cenário de queda mesmo com a queda da Bolsa!

O que podemos perceber dos mercados é que os gringos estão saindo de renda variável e indo para renda fixa até porque os juros reais oferecidos pela país são uma ótima opção de investimento internacional.

Mas isto tem um efeito perverso pois conseguimos controlar a inflação mas detonamos as empresas exportadoras e só trazemos investimento especulativo o que não é sustentável a longo prazo, além de enfraquecer a economia local pois as importações tendem a aumentar e a competir diretamente com os produtos brasileiros.

Uma coisa chama a atenção no gráfico os 3 últimos candles em cruz! É muita indefinição intraday para o meu gosto ... logo mais deveremos ter a retoma da volatilidade.

Marcadores: ,

Bookmark and Share

Ações da VALE em baixa!

O lançamento coberto com Valea52 fracassou no timing da tomada de decisão mas não no fundamento, pois estamos praticamente no breakeven point e o gráfico aponta para novas baixas.

Agora vou esperar cair bem para recomprar ou montar uma trava de baixa e depois compro as opções vendidas para ficar só com as de compra em momento oportuno e deixo executar.

Bons trades!

Marcadores: , ,

Bookmark and Share

Ibovespa com tendência de baixa

Hoje ficou confirmada a tendência de baixa no Ibovespa.

Ela é de curto prazo mas merece atenção com a execução de stops curtos, montagem de operações vendidas pois se não segurar nos 69.300 pode voltar para os arredores de 67.800 pontos.

Bons trades!

Marcadores: ,

Bookmark and Share

20/01/11 - Bancos são destaque de baixa

Bancos são destaque de baixa.

Comentário de Fechamento, com Leandro - 20/01/2011

IBOV Mercado muda a tendência, perde fundo anterior e a mm21. Não podemos mais dizer que está em tendência de alta no curto prazo. Apresentou uma pressão vendedora. Chegou a trabalhar abaixo dos 69600. Com essa sombra inferior forma um repique.

Gerei um stop em CTIP3, que fez uma retomada do movimento ascendente.

USIM5 No final do pregão demonstra força compradora. Consolidou um topo na faixa de 21,00 e um fundo na faixa de 18,30. Só penso em comprar se romper essa resistência ou formar um pivot de alta. Expectativa pra amanhã.

TELB4 Movimentação mais lateral com resistência em 1,34 e suporte em 1,17. Aguardo uma congestão longa com rompimento.

VIVO4 Apresenta tendência de alta. Fez topo na faixa de 59,70. Fundo na faixa de 55,20.

POMO4 Vejo uma congestão. Avalio uma compra se o mercado romper a zona de resistência. O sinal de hoje é positivo.

NATU3 Pressão vendedora. Trabalha numa zona de suporte. É possível algum repique. Expectativa de manuteção da pressão vendedora.

TNLP3 Está afastado da MM21, o que dificulta novas entradas. Rompeu 35,80. Demonstração de força com suporte em 34,60.

PETR4 Fez um recuo até uma faixa de suporte. Fiz uma segunda entrada com um uma quantidade menor.

CSNA3 Trabalha já dentro de uma tendência de alta. Fecha próximo à máxima. Entrada com stop na mínima em 28,00.

BBAS3 Dentro do setor até que não sofreu tanto. Não perdeu a faixa de 30,20/30,00. Fez hoje um candle de indefinição. Não vejo um cenário tão claro. Indica alguma pressão compradora.

ITUB4 Claro pivot de baixa. Minha expec é de possível repique no curtíssimo prazo e negativo para prazo maior.

GGBR4 Fez uma sombra inferior que sugere algum repique. Temos um suporte na faixa de 22,10/21,80.

AMBV4 Hoje quase atingiu a realização parcial. Mantenho o trade com 0,5% de risco. Stop abaixo de 45,00.

ELPL4 Fechamento acima de uma zona de resistência que vem sendo testada. Próxima resistência em 34,50 caso rompa. Um suporte foi consolidado no último fundo por volta de 31,90.

VALE5 Posso até considerar uma entrada. Gera um candle de indefinição que pode sugerir a retomada do movimento ascendente. Se perder 51,40 teremos uma sinalização mais negativa.

LREN3 Faz candles de indefinição. Tem um suporte sendo testado em 52,30/52,40. Tenho expectativa de alguma recuperação.

Marcadores: ,

Bookmark and Share

quarta-feira, janeiro 19

Vendedores dominaram o pregão de hoje e Ibovespa cedeu

Hoje o índice Ibovespa cedeu, acreditava que fosse ocorrer antes mas só hoje os vendedores dominaram o pregão e fizeram o índice cair. Os dados dos EUAs ajudaram neste sentido.

Pelo gráfico a situação não é animadora aos compradores pois a maioria dos indicadores apontam para venda e o próximo suporte do índice está em 69.300, sendo que além deste suporte que é a retração do Fibonacci (38,2%) podemos voltar ao patamar de 67.000 num cenário mais pessimista mas ainda é cedo para avaliar.

De qualquer forma vale a pena já montar as estruturas para uma possível queda mais prolongada.

Bons trades!

Marcadores: ,

Bookmark and Share

Dólar futuro continua em queda mas pode apresentar volatilidade nos próximos dias

Dólar futuro continua em queda com estrangulamento das bandas de Bollinger com dois candles em formato de cruz, abertura e fechamento no mesmo patamar, sinal de indefinição.

É verdade que o feriado americano ajudou na falta de volatilidade e volume mas agora a volatilidade deve voltar a tona pois estamos há dois dias de indefinição com aberturas em baixa, sendo que o preço já encostou na banda inferior, os demais indicadores ainda apontam venda, mas ao mesmo tempo o ibovespa operou em baixa hoje e é de se esperar algum repique de alta até o final desta semana. Quem sabe amanhã os investidores aproveitam o dólar baixo para zerarem posições, realizar lucro e repatriar o dinheiro para casa ...

Marcadores: , ,

Bookmark and Share

segunda-feira, janeiro 17

Ibovespa com dificuldades para transpor sua resistência

O índice ibovespa vem encontrando dificuldades em transpor sua resistência em 71.000 pts.

Com os indicadores sobrecomprados e altas sucessivas parece que está na hora de realizar o lucro.



Marcadores: ,

Bookmark and Share

domingo, janeiro 16

Lançamento coberto realizado com VALEa52 (continuação)

As ações da Vale fecharam na sexta-feira a 52,52 acima do breakeven do lançamento coberto e é bem provável que eu seja exercido na segunda-feira dia do vencimento das opções já que o preço atual está um real acima do strike.


Marcadores: , ,

Bookmark and Share

quinta-feira, janeiro 13

Estamos a passos do breakeven no lançamento coberto de VALE5 com VALEa52

Vale5 fechou em 52,00 depois de dois dias de alta com direito a GAP de alta.

Parece que agora atingiu a máxima e deve cair até segunda-feira dia do vencimento da série A.

Ainda está em tempo de montar o lançamento coberto.

E eu que montei a 0,60 estou praticamento no zero a zero sendo exercido.

Mas ainda acredito que vai fechar abaixo de 51,52 preço do Strike 52 até o vencimento.

Bons Trades!

Marcadores: , ,

Bookmark and Share

Dólar futuro continua em baixa mesmo com as medidas do governo

Dólar Futuro continua em baixa

Deve buscar a mínima novamente em breve em 1,659.

Marcadores: , ,

Bookmark and Share

13/01/10 - Setor elétrico é destaque de alta

Setor elétrico é destaque de alta.

Comentário de Fechamento, com Leandro - 13/01/2011

IBOV Tem um suporte por volta de 69200. Ontem rompeu um topo anterior.Acredito num mercado forte caso rompa os 73000.

BRTO4 Está configurando um setup de rompimento. Conseguiu ultrapassar a resistência de 13,00 com volume forte.

PETR4 Apresentou uma pressão mais vendedora. Agora testa o patamar que foi rompido.

IGTA4 Consolidou resistência em 42,80. Fez vários dias de queda. Fico atento a um candle de reversão abaixo das bandas.

BISA3 Se aproxima de um suporte. Não houve uma definição de tendência de alta mais clara. Resistência na faixa de 8,90.

ELET6 Apresentou uma correção nos últimos dias e hoje voltou a subir. Resistência em 28,70 e suporte em 27,10.

LAME4 Tem resistência em 15,80 e suporte em 15,10. Possível movimento forte após rompimento desses extremos. Se romper pra cima pode gerar espaço para uma alta mais prolongada.

CYRE3 A resistência fica em 22,40. Se perder o suporte em 20,20 volta a fazer um pivotzinho de baixa.

PSSA3 Houve uma sinalização de alta ontem. Resistência em 29,06. Mercado produziu esse sinal sem ter testado um suporte.

CSNA3 Fez um forte movimento desde o fundo de 26,30 e testa uma faixa de resist. Em 30,70 a resist mais importante.

GGBR4 Corrige, embora não tão sobrecomprada quanto a CSNA3. Um suporte bem consolidado em 23,60.

BRKM5 Não vejo entrada clara contra a tend por não haver um candle de rev fora das bandas e nem um afastamento da MM21.

BVMF3 O afastamento da MM21 não é dos maiores. Pode haver repique, mas não vejo a possibilidade por eqto de um trade.

EZTC3 Esse papel é um destaque no setor de construção. Suporte em 14,00. Não vejo nada a ser feito por enquanto.

Marcadores:

Bookmark and Share

segunda-feira, janeiro 10

Continuação Lançamento Coberto na VALE5

Hoje o ativo chegou a cair bem e depois se recuperou e fechou com uma leve alta.

Por enquanto a estratégia do lançamento coberto é vencedora.

Esse movimento de baixa recente (~3 dias) veio acompanhado de uma queda no volume de operações.

Tal cenário dificulta a análise do ativo mas de qualquer forma minha interpretação do gráfico é que estamos mais propensos a uma queda do que a uma alta pelo menos até o vencimento da seria A.

Marcadores: , ,

Bookmark and Share

Análise Técnica Ibovespa - 10/01: tá querendo realizar mas por enquanto está aguentando firme e forte ...

O índice Ibovespa se manteve firme e forte hoje onde praticamente todas as bolsas tiveram queda.

Se manteve acima da média móvel dos 50 dias, mas no curto prazo está mais propenso a baixa do que a alta em função de sua configuração no gráfico.

De qualquer forma tal baixa parece mais um ajuste técnico e o fato de ter fechado positivo hoje demonstra que tivemos um bom volume de compradores no final do dia o que tem demonstrado boas perspectivas para os ativos brasileiros frente as demais bolsas mundiais.

Marcadores: ,

Bookmark and Share

10/01/11 - Dólar Futuro DOLG11 testando o canal resistência

O Dólar Futuro DOLG11 anda testando a resistência do canal de baixa.

Parece que não vai ter força para transpor tal patamar mas vale a pena ficar de olho pois nossos governantes estão prometendo bastante medidas para conter a alta do Real frente ao Dólar e isso sempre deixa o mercado apreensivo.

Marcadores: , , ,

Bookmark and Share

sexta-feira, janeiro 7

Lançamento coberto realizado com VALEa52

Lançamento coberto realizado com VALEa52 que acabou saindo a R$ 0,54 no lugar de R$ 0,60 por conta da queda de hoje no ativo VALE5.

O maior volume de opções do dia foi com VALEa51 e já estou achando que poderia ter lançado um strike abaixo.

Mas minha vontade é não ser exercido logo vamos mantendo a posição com lançamento coberto.

Por enquanto a estratégia é vencedora mas vamos aguardar os próximos dias.

Bons Trades!

Marcadores: , ,

Bookmark and Share

07/01/11 - Setor bancário é destaque negativo no pregão.

Setor bancário é destaque negativo no pregão.

Comentário de Fechamento, com Guilherme Ruffini - 07/01/2011

IBOV A semana termina bastante positiva. Aguardo um movimento corretivo na semana que vem, caso ele ocorra.

PETR4 Aguardo a até a retração de 60% da última perna de alta. A região de 26,30 me faria pensar em uma compra de correção.

RAPT4 Ativo subiu com um volume interessante. Aguardo que o ativo siga em alta e num recuo possa fazer um pivot de alta.

GGBR4 Ainda trabalho num cenário lateral no diário, mas já dá sinais de cansaço. Expectativa é que esse ativo faça uma correção

VALE5 Um candle que me demonstrava uma reversão de curtíssimo prazo. A amplitude do ativo vem aumentando.

FJTA4 Vinha fazendo topos e fundos descendentes já há algum tempo. Pode ser uma movimentação de pull back da perda do pullback.

OGXP3 Se aproxima de região de topo anterior em 21,00. O ativo fez um repique bastante intenso. No curto prazo aguardo um recuo.

BVMF3 Faz novamente um teste na região de 13,00. Caso o ativo fique lateral pode fazer que a MM21 lateralize e fique ascendente.

CNFB4 Vejo essa figura com um viés negativo numa região um pouco sobrecomprada. A perda de 5,80 gera venda.

JHSF3 O ativo seguiu forte e não fez pullback. Meu alvo está na casa de 3,65. Faz uma resistência em 3,50 no curtíssimo prazo.

BBDC4 Único porém é que essa correção está um pouco acentuada. Gostaria de ver algum candle martelo nessa região para reversão.

ITUB4 Correção um pouco acentuada. Gostaria de uma região de correção mais branda que gerasse uma posterior retomada da alta.

Marcadores:

Bookmark and Share

Análise Técnica Dólar Futuro DOLG11

O dólar futuro está nas mínimas e a medida do governo de adotar um compulsório de 60% para as posições vendidas em dólar parece não ter surgido muito efeito.

Continuo acreditando na baixa do dólar.



Marcadores:

Bookmark and Share

Estratégia com opções de compra para VALE5

Após as fortes altas recentes parece que o ativo vai corrigir no curto prazo.

O vencimento da primeira série deste ano está próximo, será no próximo dia 17/01 daqui a 7 pregões.

Estou de olho na opção de compra VALEA52 cujo strike é R$ 51,53 e o preço fechou em R$ 0,60.

Acredito que as ações VALE5 não vão superar o patamar de 52,13 em 17/01 e também não quero vendê-las logo um lançamento coberto para proteger 0,60 parece interessante pois vai fazer caixa para as contas do início do ano e vai proteger um pouco a desvalorização que está se anunciando.

Bons trades!

Marcadores: , ,

Bookmark and Share

quinta-feira, janeiro 6

Ibovespa encontrou uma primeira resistência este ano

O índice Ibovespa acaba de encontrar sua primeira resistência este ano nos 71.000 pts e parece iniciar um movimento de correção de curto prazo.

Somente os indicadores estocástico e RSI estão sobre compradso, o MACD ainda indica compra.

Mas após 6 altas consecutivas é até bom o índice recuar um pouco antes de iniciar um novo movimento de alta. Isto permite aos compradores que esticaram o revéillon montarem novas posições.

Bons trades!

Marcadores: ,

Bookmark and Share

06/01/11 - IBOV sinaliza correção para o curto prazo

IBOV sinaliza correção para o curto prazo.

Comentário de Fechamento, com Guilherme Ruffini - 06/01/2011

IBOV Sentiu como resistência a região dos 71000 pontos e poderá iniciar correção, no curtíssimo prazo.

DOLFUT Faz forte repique.

BVMF3 Trabalhou durante o dia na faixa de 13,00. Final do dia entrou uma pressão de compra. Região de importante suporte.

BISA3 Pode formar um mastro bandeira no diário. O rompimento da região de 8,82 pode fazer com que os preços acelerem.

AMBV4 Pode romper os 51,50. Vou ficar atento para quando tiver um volume interessante. Este movimentação sinaliza uma correção no CP.

LIGT3 Fez uma correção muito curta. Vou procurar por entradas de rompimento.

ITUB4 Vou aguardar o teste de uma retração de fibonacci.

BBDC4 Se fechar o gap pode ser interessante para uma compra de correção.

HYPE3 Veio testar uma zona de suporte na faixa de 21,30. O ativo sente uma pressão de venda.

HGTX3 Vem trabalhando num cenário baixista.O ativo fez um repique um pouco mais amplo. Tendência de baixa mais longa.

PETR4 Busca suporte em 26,20 onde farei um trade de correção. Caso não recue, o rompimento de 27,60 gera compra.

CYRE3 Veio testar um topo na região de 22,35. Se gerar trade vai ser com rompimento.

USIM5 Confirmou uma perda de suporte ao romper topo anterior. Fica uma dúvida como o ativo vai se comportar.

KLBN4 A perda dessa LTA pode ser um indicativo mais baixista. E se ocorrer em gap fica um pouco mais complicado.

Marcadores:

Bookmark and Share

terça-feira, janeiro 4

04/01/11 - Apesar de dia negativo, mercado fecha em alta

Apesar de dia negativo, mercado fecha em alta.

Comentário de Fechamento, com Guilherme Ruffini - 04/01/2011

IBOV Fecha em leve alta após trabalhar a maior parte do dia no negativo.

DOLFUT Testou e sentiu suporte. Poderá lateralizar para um prazo maior.

PETR4 Acionou o stop da posição remanescente ao atingir a mínima de ontem.

ELPL4 Deu saída total com um lucro bom.

USIM5 Não gera entrada de compra. Vejo o ativo em um cenário lateral. Aguardo pivot de alta e rompimento da faixa de 20,00.

PMAM3 Parece fazer um pull back do último rompimento. Essa recuperação no curtíssimo prazo não vem acompanhada de volume.

HYPE3 Não demonstra sinalização de repique ao tocar o suporte. Não há sinais de que vá recuperar, não gera compra.

NATU3 Muito esticada o stop seria caro demais. O ativo faz um candle de dúvida.

GGBR4 Pode ser uma formação de mastro bandeira. Uma região de várias resistências, que se rompidas terá um caminho bom para andar.

BVMF3 Rompeu linha de tendência de baixa e agora testa uma região de topo anterior. Aguardo correção na região de 13,00.

CESP6 O rompimento da LTB faria o ativo buscar 29,60 e teria como resistência principal a região de 30,30. Aguardo rompimento da LTB.

TBLE3 Demorou muito tempo par fazer esse repique e agora a movimentação leva a crer que vai fazer um pivot de baixa.

CIEL3 Pressão de venda maior hoje. Chegou a perder um triângulo baixista. Não consegue fazer um repique muito intenso.

RDCD3 Tem pelo menos a indicação de um pivot de alta que me permita uma entrada um pouco mais segura.

INEP4 No diário a volatilidade do ativo está bastante ampla. Vamos ver se o ativo tem forças para atingir a região de 6,00.

CSAN3 Aguardaria pelo menos 4 dias de correção. Não vejo uma entrada nesse ativo devido a resistência na faixa de 29,00.

CSMG3 A liquidez um pouco complicada. Fechamento acima dessa região demonstra uma compra. Espero uma confirmação para entrada.

FFTL4 Conseguiu romper uma LTB, mas esse tipo de rompimento costuma gerar muitas resistências.

Marcadores:

Bookmark and Share

segunda-feira, janeiro 3

03/01/11 - Mercado inicia o ano em alta

Mercado inicia o ano em alta.

Comentário de Fechamento, com Guilherme Ruffini - 03/01/2011

IBOV Sente pressão vendedora no final do pregão ao testar região de topo anterior.

DOLFUT Testa suporte onde poderá encontrar pressão compradora.

PETR4 Realizei parcial em 27,50 logo no início do pregão.

AMBV4 Tenta romper congestão de curto prazo, porém não faz rompimento convícto.

CSMG3 az um rompimento com volume na média. O volume de negócios foi acima da média. Faço uma operação de compra nesse ativo. Stop na região de 28,18. Preço de entrada próximo a 29,70.

PETR4 Não acho interessante a trava de baixa nesse momento. A distância à média não é tão ampla assim.

NATU3 Testa rompimento de um topo histórico em um gap de alta feito hoje. Está esticada no curtíssimo prazo. Aguardo rompimento mais confiável.

BBDC4 Fez um movimento interessante rompendo o topo anterior. Se o ativo correr aguardarei por um setup de correção.

GFSA3 O setor fez um repique intenso após uma sobrevenda muito forte. Do setor o ativo que me chamou a atenção foi a CYRE3.

EZTC3 Rompeu congestão. Não vejo entradas para quem está de fora. O stop está bem distante na mínima do fundo anterior.

CRUZ3 Fez uma correção ABC e retorna testando o topo histórico na região de 92,00. Esse rompimento de hoje não está muito claro.

TNLP4 Vinha trabalhando num canal de baixa com movimentações bastante voláteis. Pode ser que o ativo esteja armando um pivot.

CSNA3 Principal topo na região de 28,50 e somente o rompimento dele me trará uma perspectiva postiva.

USIM5 Quase executou meu stop. Pra operação de compra esse fundo perdido do dia 28 anula qualquer tipo de reação do ativo.

VALE5 Ilha de reversão. Espero a manutenção dessa congestão na sua parte superior. Ainda temos diversas estruturas de resistência.

Marcadores:

Bookmark and Share
Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.